Azores Digital

--> Hoje, dia 20 de Maio de 2019

Dias importantíssimos

Quinta, 29 de Janeiro de 2015 871 visualizações Partilhar

Hoje faz uma semana que passou o dia dos amigos e por acaso, também é o dia das amigas. A criação de dias específicos para a celebração de amizades ou então de namoros vazios, lá para o dia 14 de Fevereiro, representa a mais inútil ação das pessoas, em virtude da mentira e falsidade que envolve estes dias. O dia dos amigos passou-se, não pelo conceito e data marcada, que nos obriga a ser mais do que somos nos dias comuns, mas por mais uma saída de amigos que prezo e respeito. Foi um dia, onde a bebida veio mais à boca e se comeu umas coisinhas diferentes.

O dia dos amigos não é um acontecimento relevante, se a amizade for verdadeira nos outros 364 dias do ano. Caso haja um desrespeito contínuo pela amizade durante todo o ano, neste dia do calendário, coloca-se uma máscara e jura-se amor eterno por cada amigo sentado nas cadeiras de um restaurante fino.

Hoje também foi dia de pensar sobre a socialização nos dias de hoje. As maneiras como se convive entre amigos. A socialização de hoje e a interação social dos amigos realiza-se com um recurso constante à falsidade e à inveja. Recorre ainda ao café e ao cigarro. E recorre à conversa bacoca, sem aproveitamento digno. Refira-se que a generalização morre aos pés da exceção. Por mim, só tenho exceções comigo e nada tenho a apontar à amizade, como se de inimiga se tratasse.

O dia das amigas é o meu dia preferido do ano. Porquê? Porque se saio à rua é só raparigas. Previsível. E o melhor de tudo é que se maquilham, vestem-se bastante bem e mostram irreverência total. Homens do meu país, quem está solteiro e não vê maneira de arranjar companheira, hoje é o dia para mudar o paradigma.

Já faço uma previsão. Dia 14 de Fevereiro, é mais um dia importante no calendário. Queria pedir um favor às leitoras. Queria muito ter alguém para trocar presentes. Alguma está disponível para ser namorada por um dia? É mais um dia dos namorados, em 18 anos, que passo sozinho e isso deixa-me depressivo. Vejo corações e ursos tão lindos, que queria oferecer. Ou então ramos de flores. Mas nada funciona…

Bem, dias fortuitos existirão sempre. Amigos, sejam sempre amigos. Amigas, sejam sempre amigas. Namorados, sempre juntos, sem o materialismo como elo de ligação, mas o amor. O verdadeiro, se possível.

 

 

Colunista:

Emanuel Areias

Outros Artigos de Emanuel Areias

Mais Artigos