Azores Digital

--> Hoje, dia 16 de Dezembro de 2017

Adrualdo Rocha quer Praiense ganhador

Quarta, 03 de Junho de 2009 em Entrevista 2209 visualizações Partilhar Adrualdo Rocha quer Praiense ganhador

O que o levou a candidatar-se a presidente do Sprt Club Praiense? Foi um grupo de amigos que motivaram e levaram a me candidatar à presidência do Sport Club Praiense. Um deles é o Tiago Ormonde, o actual vice-presidente da Direcção. As motivações foram o próprio Sport Club Praiense, o ser adepto desta equipa e, procurar, se fosse eleito, manter no Praiense na 2.ª Divisão e fazer crescer ainda mais o clube. Como é que viu a actuação do Praiense na época que agora finda? A época não correu muito bem. Foi muito atribulada e complicada para nós. Não fui muito adepto do anterior treinador, o Moisés Pacheco, tendo variadas vezes manifestado o meu desagrado junto da equipa técnica, sobre as suas actuações e opções no campo. Entendi que o treinador Moisés Pacheco não levaria a equipa avante, o que se veio a verificar. Com a vinda do actual técnico, o José Carlos Santos, em que muitos não acreditaram que levariam o Praiense á manutenção, mudou o jogo e o resultado é o que está à vista. Foi nesta altura, logo quando vem o treinador José Carlos Santos, de quem sou amigo pessoal, que me liguei ao clube. É para manter o treinador? Está de “pedra e cal”. Sim, conto com o treinador José Carlos Santos no Praiense para a próxima época. Os sócios e os simpatizantes, no que se refere ao treinador, podem ficar tranquilizados que será o José Carlos Santos a treinar a equipa. E quanto aos jogadores haverá novidades? Sim… haverá muitas novidades e, sobretudo, alterações profundas na equipa. Vou mexer mesmo muito na equipa. Quanto a nomes, ainda é muito prematuro falar, contudo, muitos jogadores da época que agora termina vão continuar no plantel para a próxima temporada. Na sua opinião, quais as dificuldades que a equipa enfrenta ou poderá enfrentar no campeonato da 2.ª Divisão? Sabemos que as equipas continentais não gostam muito de vir jogar aos Açores, tendo em atenção que não são apoiadas nas deslocações. São adversas à participação das equipas açorianas. Para nós é um autêntico desgaste as deslocações. Acompanhei o Praiense nalgumas deslocações ao Continente e constatei este facto. Outro problema, é o pagamento dos subsídios por parte do Governo, feito tardiamente, em duas partes, o que causa problemas financeiros aos clubes. A solução poderia passar, por exemplo, por pagamentos parcelados em quatro fases, dando assim uma maior saúde e margem de manobra financeiras. Em relação à estrutura do Sport Club Praiense o que vai mudar? Sabemos que a sede está em recuperação… O clube está em fase de recuperação da sua sede. Possivelmente estará pronta nos finais do próximo mês de Junho. Será um lugar para os sócios, dos sócios onde se realizarão várias actividades. Vamos fazer várias festas temáticas viradas para os nossos sócios… isto se os nossos sócios o permitirem, claro. Vamos também por o bar a funcionar. Vamos tentar tudo para angariar receitas para o clube. Vamos apostar nas nossas camadas jovens, nos escalões jovens do clube… O clube tem vindo a descurar a formação das camadas mais jovens… Sim, sou levado a concordar com esta afirmação. Contudo, queremos apostar fortemente na formação dos escalões mais jovens. É um dos nossos projectos, a formação das camadas mais jovens. Queremos dar garantias aos pais que vamos ter as melhores condições possíveis para os seus filhos e, tendo em conta que um dos estímulos é sem dúvida o Sport Club Praiense estar na 2.ª Divisão. Quer um Praiense ganhador? Sem qualquer dúvida! Queremos fazer uma equipa digna, séria, à minha imagem, à imagem desta nova Direcção. Ou seja uma equipa lutadora, que não vira a cara a nada, com sentido ganhador e o de não virar para trás.

Rádio AzoresGlobal

 

Metereologia

    errorerror
  • Ponta Delgada º

    Ponta Delgada

  • errorerror
  • º

  • errorerror
  • Lajes das Flores º

    Lajes das Flores