Azores Digital

--> Hoje, dia 16 de Novembro de 2018

Património edificado do Nordeste em exposição

Segunda, 10 de Março de 2014 em Exposições 1540 visualizações Partilhar Património edificado do Nordeste em exposição

A arte e o património dos anos de 1933 a 1974 estão em exposição no Centro Cultural Padre Manuel Raposo, em Santo António do Nordestinho. Trata-se de uma coleção de fotografias (e alguns documentos) recolhidas por todas as freguesias do concelho e que retratam a construção, os azulejos, a toponímia, a escultura e outras formas de arte e de arquitetura que marcaram o período do Estado Novo em Portugal.

Não se pretendeu com esta mostra exaltar o período político do Estado Novo, mas tão-somente dar a conhecer e a valorizar um ciclo histórico com grande impacto, no que respeita a edificações, num Portugal ainda bastante rural e numa Região ainda mais empobrecida, sem escolas e sem água canalizada, a título de exemplo.

As escolas do Plano dos Centenários são das obras mais emblemáticas, todavia muitas outras edificações integram o período de 1933-1974, nomeadamente, num período mais inicial, a construção dos fontenários e dos lavadouros em todas as freguesias (até então recorria-se às nascentes para o consumo próprio e às ribeiras para a higiene da roupa) e alguns viadutos, surgindo mais tarde os grémios para abrigo e escoamento do milho e do trigo; os postos de leite; as casas de apoio ao Serviço Florestal; o passal das igrejas; os abrigos de autocarro; os nichos junto aos povoados e os azulejos de teor religioso; os melhoramentos nos cemitérios; as casas de apoio à comunidade (como é exemplo a Casa de Trabalho do Nordeste); os treatos do Espirito Santo e muito mais construções, algumas de intervenção direta do Estado e outras de cariz mais particular, como são exemplo muitas moradias no Nordeste que sofreram a influência do estilo arquitetónico da época.

A mostra, inaugurada a 5 de março, percorrerá todas as freguesias do concelho, estando já no próximo mês de abril na Casa de Cultura João de Melo, na freguesia da Achadinha. Na ocasião da abertura da exposição em Santo António do Nordestinho, o comissário e responsável pelo estudo e levantamento fotográfico, Sérgio Rezendes, frisou, entre outras razões, a componente cultural da exposição na divulgação do património do Nordeste junto do turismo que visita o concelho, normalmente apreciador da etnografia e da arquitetura dos locais que o acolhe.

A mostra fotográfica e documental, que agora passará a itinerante, foi inaugurada em abril de 2012 na Sala de Exposições do Município do Nordeste, a que se juntou uma pequena exposição da sala de aula do Plano dos Centenários, que poderá vir a repetir-se em algumas freguesias por onde passará ao longo deste ano a exposição. A recolha e a preparação da mostra contou com o apoio do Colégio do Castanheiro, por ter sido elaborada por um docente da casa e por vir a integrar o programa letivo daquele estabelecimento de ensino.

Rádio AzoresGlobal

 

Metereologia

    errorerror
  • Ponta Delgada º

    Ponta Delgada

  • errorerror
  • º

  • errorerror
  • Lajes das Flores º

    Lajes das Flores