Azores Digital

--> Hoje, dia 16 de Novembro de 2018

Canhão encontrado em Ponta Garça, será exposto ao público no Museu de Vila Franca do Campo

Quarta, 09 de Abril de 2014 em Exposições 2238 visualizações Partilhar Canhão encontrado em Ponta Garça, será exposto ao público no Museu de Vila Franca do Campo

Uma equipa de mergulhadores, sob a direção do Dr. José Luis Gonçalves Neto, técnico superior de arqueologia da Direção Regional da Cultura, vai amanhã de manhã retirar do fundo do mar o canhão recentemente encontrado a poucos metros da costa, junto ao farol de Ponta Garça.

Após o levantamento pelos mergulhadores, o canhão será rebocado por uma embarcação da Polícia Marítima para o Porto de Pescas de Vila Franca do Campo onde, cerca do meio-dia, será entregue pelo responsável da DRC, Dr. José Luis Gonçalves Neto, às autoridades municipais, representadas pelo Vereador Arnaldo Amaral e pelo Diretor do Museu de Vila Franca, Prof. Doutor Rui Sousa Martins, sendo de imediato transportado para o Museu de Vila Franca - Solar Viscondes do Botelho, onde ficará desde logo exposto ao público na Sala Bento de Góis.

O canhão, ao que tudo indica do séc. XVII, construído em bronze, tem dois metros e meio de comprimento e cerca de 1 tonelada de peso e foi encontrado por pescadores de polvo de Ponta Garça.

Toda a operação de recuperação desta importante peça, que vai integrar o já notável património naval museológico de Vila Franca do Campo, foi possível através da cooperação da Direção Regional da Cultura, Câmara Municipal e Museu de Vila Franca do Campo, com a colaboração da Polícia Marítima.

Nos próximos dias 11 e 12, os serviços de arqueologia da DRC, com o apoio da Câmara Municipal, através do Museu, procederão ao registo dos sítios “Cemitério das Âncoras de Vila Franca do Campo” e naufrágio do navio “Luso”, processo que contará também com a colaboração do Clube Naval de Vila Franca do Campo.

A Câmara Municipal congratula-se com o empenhamento e competência de todas as entidades que colaboraram neste processo.  Recorde-se que este é o segundo canhão encontrado no mesmo local, no espaço de poucos anos, tendo o primeiro sido retirado do mar em Maio de 2011, após o que foi levado para o Museu Carlos Machado em Ponta Delgada, onde ainda permanece, fora do olhar do público.  Vila Franca do Campo continua a aguardar a restituição desse canhão.

Rádio AzoresGlobal

 

Metereologia

    errorerror
  • Ponta Delgada º

    Ponta Delgada

  • errorerror
  • º

  • errorerror
  • Lajes das Flores º

    Lajes das Flores