Azores Digital

--> Hoje, dia 27 de Maio de 2017

“O setor leiteiro dos Açores já mostrou ter capacidade para superar desafios”, destacou José San-Bento

Quarta, 15 de Abril de 2015 em Economia 1658 visualizações Partilhar “O setor leiteiro dos Açores já mostrou ter capacidade para superar desafios”, destacou José San-Bento

“Os Açores hoje podem dizer com orgulho que venceram múltiplos desafios no sector leiteiro, como o da restruturação, o da modernização, o do rejuvenescimento, o da quantidade e o da qualidade de produção. Pelo facto de termos conquistado todos estes desafios, nós hoje, estamos confrontados com um estágio de desenvolvimento onde voltam a estar no horizonte dificuldades e incertezas e desafios muito grandes que nós vamos ter a capacidade de superar”, defendeu José San-Bento.

O Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PS falava esta terça-feira, na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.

José San-Bento reconheceu o “enorme esforço que os produtores Açorianos desenvolveram”, alavancado na “solidariedade europeia”, mas também “com um grande apoio dos diversos Governos dos Açores de responsabilidade socialista”.

“Nos Açores, passámos de 250 mil para 550 mil toneladas de produção de leite, temos uma média de produção por vaca que passou de 5 mil litros por ano para 15 mil litros por ano e ao mesmo tempo procedemos a uma redução de 39% no número de produtores; ou seja, isto foi uma profunda reforma, uma reforma que só é possível ter resultado com investimento público maciço e bem direcionado em infraestruturas, meios técnicos e melhorias genéticas”, realçou o deputado socialista.

José San-Bento lamentou que a oposição se tenha “focado apenas no passado”, preferindo “falar daquilo que não se pode mudar”.

O socialista frisou que os Açores “não têm medo da concorrência nem da competição”, realçando que a questão é “sabermos se a União Europeia estabeleceu regras equilibradas e justas para regular a produção de leite na União Europeia” e se “há mecanismos de salvaguarda que podem ser acionados caso se prove que as políticas adotadas estão desequilibradas e são erradas”.

“A UE prometeu que iria proceder a uma ‘aterragem suave’ na transição do final das quotas; agora é preciso exigir na Europa que as instituições europeias cumpram aquilo que prometeram e que implementem de facto medidas que permitam essa aterragem suave. É isso que o Partido Socialista defendeu e é isso que continuará a defender”.

O Vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS afirmou ainda que “não há qualquer incoerência em cumprir as regras que a União Europeia nos impõe e ao mesmo tempo continuar a lutar contras as políticas que consideramos erradas e injustas”, adiantando ainda que “o GPPS responsabiliza a Europa pelo fim das quotas leiteiras sem desculpabilizar ninguém”, concluiu o deputado socialista, José San-Bento.

Rádio AzoresGlobal

 

Metereologia

  • Ponta Delgada º

    Ponta Delgada

  • º

  • Lajes das Flores º

    Lajes das Flores