Azores Digital

--> Hoje, dia 18 de Novembro de 2017

Dívida pública dos Açores com aumento "preocupante"

Segunda, 27 de Março de 2017 em Política 4942 visualizações Partilhar Dívida pública dos Açores com aumento "preocupante"

 

O PSD/Açores alertou hoje para o crescimento "preocupante" da dívida pública bruta regional, que registou um aumento superior a 330 milhões de euros, o que leva a que os juros pagos pela Região já representem tanto como o investimento público em "sectores essenciais".

"Os juros suportados pelo Orçamento da Região, diretamente ou através de diversos empresas públicas incluídas no perímetro orçamental, ultrapassaram este ano os 48 milhões de euros. Este valor corresponde, por exemplo, quase ao mesmo valor contemplado no Plano de Investimentos de 2017 para o conjunto dos sectores das "Pescas e Aquicultura" e "Desenvolvimento do Turismo", afirmou António Vasco Viveiros, porta-voz do partido para as áreas de economia e finanças.

O social-democrata salientou que a Região "está no presente a pagar de juros quase o mesmo montante que corresponde a investimento público no conjunto de sectores essenciais da nossa economia".

"E se adicionarmos aos juros os encargos com as parcerias público-privadas para 2017, no valor de 42 milhões de euros, então teremos bem a dimensão de uma situação que é verdadeiramente preocupante, sobretudo num Orçamento em que mais de 40 por cento das receitas tem origem em transferências do exterior", disse.

Segundo António Vasco Viveiros, só este ano o governo regional "vai pagar de juros e rendas um valor superior a 90 milhões de euros, mais que o investimento público na Educação e Saúde".

O porta-voz do PSD/Açores considerou, por isso, "inaceitável a demagogia do governo regional e do Partido Socialista em matéria de finanças públicas regionais", visto que os dados do Instituto Nacional de Estatística revelam um aumento de 330 milhões de euros da dívida bruta regional entre 2013 e 2016, o que constitui um crescimento "preocupante" de 26,4 por cento.

O social-democrata lembrou ainda que o "enorme aumento" da dívida bruta regional, "já de si preocupante, não inclui outros dados relevantes, nomeadamente a dívida comercial, as parcerias público-privadas e as responsabilidades das empresas públicas que estão fora do perímetro orçamental".

Recorde-se que, de acordo com o mais recente Parecer do Tribunal de Contas sobre a Conta da Região, a dívida global do sector público regional já ultrapassou os dois mil milhões de euros, a que se juntam ainda 600 milhões de euros das parcerias público-privadas.

"As responsabilidades financeiras da Região ascendem assim a mais de 2600 milhões de euros, isto é, quase 70 por cento do PIB regional. É um valor muito preocupante que terá de ser pago pelas gerações futuras", afirmou António Vasco Viveiros.

 

Rádio AzoresGlobal

 

Metereologia

    errorerror
  • Ponta Delgada º

    Ponta Delgada

  • errorerror
  • º

  • errorerror
  • Lajes das Flores º

    Lajes das Flores